Segunda edição da Taça Compal apresentada em Portugal

10-02-2011 19:24

A segunda edição da Supertaça Compal, torneio quadrangular que junta as duas melhores equipas de basquetebol de Portugal e Angola, decorre este ano no "adaptado" Campo Pequeno, em Lisboa, e com portas abertas para alargar o conteúdo lusófono. 

 
Após o arranque em 2010, em Angola, com a vitória do Benfica, a segunda edição, apresentada hoje em Lisboa (Portugal) decorrerá agora em solo português entre 11 e 13 de Fevereiro.
 
A prova, integrada nos calendários das federações angolana e portuguesa, conta em 2011 com 1º de Agosto, campeão angolano e o Libolo, vencedor da Taça de Angola, além do Benfica, campeão português, e FC Porto vencedor da Taça daquele país europeu.
 
Para já, a prova continua confinada a Portugal e Angola, mas o objectivo é alargar a competição a outros países dos Palop, como Moçambique e Cabo Verde. 
 
"Temos este desejo de abrir mais a Supertaça Compal à lusofonia, aliando a variante desportiva aos mercados em que está integrado o nosso principal patrocinador", admitiu Mário Saldanha, hoje em Lisboa, na cerimónia de apresentação da segunda edição. 
 
Mário Saldanha, destaca que a escolha do Campo Pequeno "confere dignidade e notoriedade" à Supertaça Compal, acreditando que todas as adaptações necessárias vão dar resultado. 
 
"Assumimos este desafio. A praça do Campo Pequeno tem um cariz histórico e monumental que justifica a aposta", sublinhou o dirigente, que espera um recinto adaptado com capacidade garantida de 6.000 lugares, que podem chegar aos 7.500 caso a afluência o exija. 
 
Estão também definidos os prémios para os quatro participantes, com o vencedor da segunda edição a receber um cheque de 10.000 euros. O finalista vencido será contemplado com 7.500 euros, enquanto terceiro e quarto classificados receberão, respectivamente, 5.000 e 2.500 euros. 


 

—————

Voltar